NORDESTE

Conheça Salvador a cidade que inspirou poetas

Acredito que muita gente tenha ouvido falar em Salvador. Essa cidade é rica em história, é riquíssima em cultura, sem falar de suas belezas naturais que são um espetáculo da natureza. A capital de todos os baianos é uma daquelas cidades que tem que fazer parte da nossa lista de viagem. Se você é um daqueles que viaja o Brasil inteiro, saiba desde já, que a capital da Bahia não pode ficar de fora da sua lista. 

Dança, música e a comida regional de Salvador

O que Salvador tem a oferecer ao turista? Para começar tirando o óbvio do caminho, um Carnaval em que a alegria é ampla, geral e irrestrita e música das mais contagiantes.

Alguém duvida seriamente das credenciais da capital baiana nesses terrenos? Outro ponto digno de nota é uma deliciosa cozinha com temperos arretados dando o toque final aos pratos criados e aperfeiçoados pelo gênio do povo local. Vatapá, abará, acarajé, sarapatel, moqueca, bobó, caruaru e muito mais esperam o turista para deliciar seu paladar. 

Além da boa comida baiana o turista não pode esquecer de visitar o Elevador Lacerda, hoje um dos pontos turísticos mais visitados na cidade. Esse elevador funciona como um transporte público, leva as pessoas da parte baixa até a parte alta e vice e versa. Ele tem 72m de altura e transporta em torno de 900 mil passageiros por mês e é hoje um cartão postal da cidade.

Turismo em Salvador

Imagem – Dezalb por Pixabay

As praias de salvador que inspiraram os poetas

A natureza também foi generosa com a cidade. Ao sol generosíssimo que lhe deu o brilho intenso, juntou algumas das mais espetaculares praias do país e acabou inspirando alguns poetas e escritores. Além disso, inspirou também compositores de diversos ritmos musicais.

 A praia de Itapuã, conhecida por suas verdes águas e areia clarinha e cantada por Vinicius de Moraes (Passar uma tarde em Itapuã/Ao sol que arde em Itapuã/Ouvindo o mar de Itapuã, entoava o Poetinha, com pleno conhecimento de causa – tanto de Itapuã quanto de falar em amor).

Além da praia do Farol da Barra, conhecida pelo farol que lhe dá nome, estão entre as mais celebradas do Brasil. A atual torre do farol foi erguida na primeira metade do Século XIX, mas a torre original data do final do Século XVII.

– Leia também sobre – Canela-Rs

– Leia também sobre – Vitória-Es

– Leia também sobre – Guarapari-Es

História e patrimônio cultura em Salvador

O bairro do Pelourinho, considerado pela UNESCO um dos patrimônios históricos da Humanidade, é um testemunho vivo da riquíssima história da primeira capital brasileira e recebeu esse nome por causa da presença do pelourinho, coluna em que os escravos era supliciados.

Nessa região da cidade, podem ser encontradas centenas de casarões dos Séculos XVII e XVIII, igrejas como a de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, onde se pode assistir uma missa celebrada ao som do batuque.

E, claro, essa cidade não seria Salvador sem seu povo – tolerante, sincrético, entusiástico, reunindo todos as raças e religiões. Dizem que o baiano, por conta do temperamento artístico e alegre, não nasce, estreia. Isso é ainda mais verdade aplicado aos moradores da capital do estado.

Salvador é um palco em que os soteropolitanos, de nascimento ou por adoção (uma categoria que inclui nada menos que o escritor Jorge Amado, uma das mais perfeitas encarnações do jeito de ser soteropolitano), de vida inteira ou apenas de passagem, brilham.

Paris pode até ser uma festa, como diz o título em português de um livro do romancista americano Ernest Hemingway, mas essa cidade magnífica é, uma contínua e irreprimível explosão do prazer de viver.

Turismo em Salvador

Imagem – Kátia Barreto por Pixabay

Como chegar até a capital de todos os baianos

Chegar a Salvador é fácil (criar coragem para ir embora pode ser mais difícil). A cidade conta, por exemplo, com o Aeroporto Internacional de Salvador — Deputado Luís Eduardo Magalhães (que muitos ainda conhecem pelo nome antigo, Dois de Julho).

Ônibus chegam a ela das principais cidades do país. Para quem dirige, uma das maneiras de chegar a capital da bahia é através da BR-116. Caso o turista deseja mais informações sobre a cidade, basta entrar no Site da prefeitura municipal e obter detalhes sobre outros pontos turísticos.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.