NORDESTE

Itacaré no sul da Bahia um paraíso pouco conhecido

Itacaré-Bahia, que sofreu na década de sessenta com o fungo que arrasou as plantações de cacau dos coronéis que costumavam frequentá-la, ganhou nos últimos anos vida nova graças ao ecoturismo, favorecido pela inauguração da Estrada Parque da Serra Ilhéus-Itacaré em 1998, o que quebrou o isolamento da cidade, que até aquela época era servida por péssimas estradas de terra.

Apesar do crescimento que a cidade vem experimentando e a crescente sofisticação dos restaurantes, lojas e pousadas, tem sido possível preservar as inúmeras belezas do local.
As praias de Itacaré-Bahia, que no período de ostracismo da cidade foram frequentadas pelos surfistas, costumam oferecer belas ondas além de morros cobertos vegetação de Mata Atlântica acesso e pouco movimento.

Um convite para as Praias de Itacaré-Bahia

Entre as praias mais famosas e bonitas, podem ser mencionadas Havaizinho e Prainha. Praias mais movimentadas e em uma localização mais central são a de Ribeira e Concha, que contam ainda com uma infraestrutura de barracas mais desenvolvida.

Praias como Resende e Tiririca, esta com ondas boas para o surfe também, são menos frequentadas, mais sossegadas. características comuns às mais bonitas praias dessa cidade, como Prainha, Havaizinho, Engenhoca e Jeribucaçu.

Itacaré-Bahia é um lugar ideal para prática de esportes náuticos

Quem não está disposto a encarar uma boa caminhada, as opções são as praias centrais – Concha e Ribeira têm boa infraestrutura de barracas e muito movimento, enquanto Tiririca (também com ótimas ondas) e Resende mantém os ares bucólicos.

Muitas das praias mais belas só podem ser alcançadas através de trilhas (devido a notícias de assaltos nas trilhas, é recomendável contratar guias e não fazer o caminho entre a praia de Tiririca e o Centro da cidade à noite ou quando estiver escurecendo).

Uma praia que tem um status de semissecreta é a do Siríaco – embora relativamente perto do Centro, ela é pouco frequentada e, em decorrência disso, a trilha que leva a ela pode estar coberta de mato – contratar um guia é bastante recomendável.

Não que a água doce não tenha seu valor, e as cachoeiras dessa região são ideais para convencer qualquer um dos seus valores. As cachoeiras de Tijuípe e do Cleandro são bastante relaxantes e formam piscinas naturais e poços (porém, chegar à Cachoeira do Cleandro, avise-se logo, é um pouco complicado, envolvendo não só uma trilha, mas antes disso um passeio relativamente longo de canoa – nada que não seja justificado pelas águas geladas, os três saltos da cachoeira e as piscinas naturais).

♣ – Veja também – Turismo em Alto Paraíso de Goiás

♣ – Veja também – Turismo em Macapá – Ap

♣ – Veja também – Turismo em Maceió – Al

Rapel, surfe e passear de mountain bike são alguns dos esportes que podem ser praticados em Itacaré-Bahia. É claro que muitos outros esportes náuticos podem ser praticados por lá, pois, o mar, o vento, o clima, tudo coopera para a prática de esportes.

Comer bem não deve ser problema nos restaurantes da cidade, especialmente naqueles localizados nas ruas Lodônio Almeida e Pedro Longo (chamada também de Pituba).

Nessas ruas também podem ser encontrados estabelecimentos que vendem artesanato. No que se refere a praias, a de Itacarezinho, a da Concha e a da Ribeira são as únicas onde há estabelecimentos onde se pode almoçar. Itacaré-Bahia é uma cidade com muito tempero baiano e para todos os gostos. Comida por lá nunca foi um problema.

Como chegar a esse paraíso secreto

Chegar a Itacaré-Bahia era, nos tempos da estradinha de terra, dificílimo e muito contribuía para a obscuridade da cidade. Hoje, a Rodovia Ilhéus-Itacaré (parte da BA-001) é a porta de entrada da cidade. Para quem parte de Salvador, pegar o ferryboat até Itaparica e daí pegar a BA-001 até Itacaré encurta o caminho.

Infelizmente, o aeroporto mais próximo fica em Ilhéus a pouco mais de setenta quilômetros de Itacaré. (há táxis fazendo a ligação entre o aeroporto de Ilhéus e o centro da cidade). Algumas cidades baianas, como Feira de Santana, Porto Seguro e Vitória da Conquista, e também a Ilha de Itaparica, são ligadas a Itacaré por ônibus.

 

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.