NORTE

Conheça os prazeres de Belém do Pará

Conhecendo mais da região Norte do nosso país? Não deixe de conhecer a “Cidade das Mangueiras”, capital do estado do Pará, Belém! O município histórico, localiza-se às margens da baía guajará, e uma das cidades localizadas no perímetro da maior floresta tropical do mundo, a Amazônia.

É o município mais populoso do Pará, com quase 1,5 milhão de habitantes, sendo uma metrópole regional. Ao turista, vai encontrar uma arquitetura histórica bem conservada, contando com marcas do período mais próspero da exploração da borracha na região Norte, que trouxe muito investimento e imigrantes europeus para esta região.

Ao lado dessa arquitetura suntuosa, se encontram predominantemente casarões de estilo colonial português, além de igrejas, bem preservadas e belas.

A região de Belém ( que é frequentemente chamada de Belém do Pará ) foi inicialmente ocupada por militares luso-espanhóis, que fundaram na localidade um Forte ( Forte do Presépio) para defesa das terras de estrangeiros, que exploravam a região em busca das drogas-do-sertão.

Durante o ciclo da borracha, a cidade foi considerada uma das cidades brasileiras mais bem desenvolvidas, o que lhe rendeu uma arquitetura mais rebuscada e tecnologias que nem as regiões sudeste e sul ainda possuíam, como o Cinema Olympia ( o mais antigo em funcionamento no Brasil ), o Theatro da Paz( um dos mais belos do Brasil, inspirado no Teatro Scala de Milão) e outros.

Mas o que fazer de bom na Capital Paraense?

A época de prosperidade trouxe uma leva de imigrantes estrangeiros, como portugueses, franceses, japoneses, espanhóis e outros, deslocando-se para a região para trabalhar com agricultura na Zona Bragantina. O dinheiro que entrava na capital foi importante para a reestruturação urbana da cidade, o que fez com que Belém passasse por uma “ Belle époque paraense”, que chegou a lhe render o apelido de “ Paris das Américas” e “ pequena paris”, com mais luxo , artes e tudo na tentativa de transformar a capital do Pará em um grande centro urbano.

Nos tempos atuais, Belém, como uma das maiores cidades da região Norte, passa uma grande verticalização, e se destaca como das grandes capitais do estado.

Mas o quê visitar nessa cidade? Pelo centro histórico, encontra-se diversas edificações dignas de visita, como fortificações, igrejas, monumentos, parques e museus. A capital é o segunda cidade mais visitada da Amazônia, e proporciona diversas opções de lazer.
O Mercado Ver-o-Peso, a maior feira livre da América latina, é também um dos cartões postais da cidade.

Ainda tem o  Theatro da Paz, o teatro mais antigo da Amazônia, cuja arquitetura foi inspirada no Teatro Scalla de Milão, considerado um dos mais luxuosos do Brasil.

Belém é a cidade das Ilhas e vale a pena conhecer todas elas

Não se esqueça de visitar o litoral de Belém, a cidade tem diversas Ilhas no seu município e dá pra curtir aquela praia e apreciar a natureza, curtir aves sobrevoando o lindo céu azul, paisagens deslumbrantes, além de apreciar todos os encantos que a natureza proporciona, algumas dessas ilhas são as: Ilha do papagaio, Ilha do Maracujá, Ilha de MosqueiroIlha de Cotijuba, Ilha das onças, Ilha Trambioca e muitas outras, em todo o litoral da cidade são 39 ilhas. E todas ficam próximas da cidade em raio de aproximadamente, 15, 20, 30, 40 e 60km de distância.

Visite também o parque Mangal das Garças, um dos parques localizados na região do centro histórico, às margens do rio Guamá e tendo uma área de 40.000 metros quadrados. Além claro, do Museu Emilio Goeldi……dentre outros.

Onde se hospedar e o que comer em Belém do Pará

Como uma das maiores cidades do Norte brasileiro, as opções são diversas. Também são várias opções de hotéis, desde pousadas, hotéis, hospedarias, de diferentes níveis de requinte e preço.
Além disso, Belém recebe também eventos de grande repercussão nacional, como o festival religioso do Círio de Nazaré, que atrai diversos turistas todos os anos.

A gastronomia paraense tem forte tradição indígena, com pratos como: pato no tucupi, tacacá, maniçoba, além do açaí na tigela e de diversos tipos de peixe. Não deixe de apreciar sorvetes de frutas típicas da região, como: o Murici, o Bacuri e o Cupuaçu e que tal experimentar a Cachaça de Jambu, uma planta da região que deixa a boca amortecida e experimente também uma batida com o Guaraná da amazônia.

Na noite paraense, os ritmos mais encontrados são o brega e o forró – mas claro, na noite dessa cidade o turista pode encontrar diversos tipos de música e ritmo, além de grande diversidade de bares, restaurantes e boates. Faça sua visita!

Como chegar a Belém 

E aí que tal a cidade? São inúmeras opções de lazer lhe aguardando em Belém do Pará. Para chegar, como uma capital, há vôos diários partindo das principais capitais do país. De ônibus, várias companhias de viagens também fretam ônibus diretamente à capital paraense. Tá esperando o quê?

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.